Governo do Estado lança projeto e-Nova Educação em parceria com o Google

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação, lança, nesta quarta-feira (4), o projeto e-Nova Educação, em parceria com o Google. O projeto vai levar tecnologias digitais para a sala de aula, integrando acesso a internet de alta velocidade com os dispositivos móveis, dentro da proposta de propiciar a contextualização da Educação no século XXI. O lançamento será às 9h, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), com as presenças do governador Rui Costa, do secretário da Educação, Walter Pinheiro, do principal executivo mundial do Google for Education, Bram Bout, bem como dos diretores para o Mercado Internacional, John Vamvakitis, para a América Latina, Rodrigo Pimentel, e para o Brasil, Alexandre Campos Silva.

download

Para o Secretário Walter Pinheiro, o e-Nova Educação é um marco na contextualização dos processos de ensino e aprendizagem na rede estadual. “O e-Nova Educação é uma iniciativa estratégica que estamos implementando para fortalecer o eixo pedagógico das escolas, por meio de um conjunto de aplicativos de última geração, configurando uma rede social de conhecimentos que integra estudantes e professores à realidade do mundo em que vivemos. Este projeto potencializa os processos de inovação nas escolas e contribui efetivamente na preparação dos estudantes para a vida e para o mundo do trabalho”, afirmou.

O e-Nova Educação contemplou, em sua fase piloto, escolas de 11 municípios baianos – Salvador, Feira de Santana, Mata de São João, Camaçari, Lauro de Freitas, Jequié, Vitória da Conquista, Ilhéus, Itabuna, Senhor do Bonfim e Luís Eduardo Magalhães –, englobando 20 escolas das mais variadas modalidades de oferta, desde Centros Noturnos de Educação até escolas regulares, passando, também, por Centros de Educação Profissional, dentre outros. Nessa etapa foram adquiridos 300 chromebooks para a utilização no teste e em processos de formação.

O coordenador geral de Articulação de Projetos para a Educação da Secretaria da Educação do Estado, Rogério Quintella, destaca que a meta é chegar a 500 unidades escolares ainda este ano, já tendo sido adquiridos 14 mil chromebooks para a distribuição entre essas escolas.

Formação – No final de 2017, na etapa piloto, foram formados cerca de 650 educadores, 130 dos quais tentaram e tiveram sucesso na obtenção da certificação internacional. “Nesta semana, já superada a fase de projeto piloto, temos 24 mil professores concluindo o primeiro dos dois módulos que compõem a formação inicial para o uso pedagógico dessas tecnologias educacionais, sob a responsabilidade da UFBA, em parceria com o Instituto Paramitas”, completa Quintella.

Youtube – O Projeto conta com um canal no youtube onde estes e diversos outros depoimentos podem ser conferidos: https://www.youtube.com/channel/UC-fijVyDFVtGJBis2t3oSHw

Escolas constituem comissões para a eleição de líderes de classe na rede estadual

download (2)

Os estudantes de todas as escolas estaduais da Bahia irão eleger, entre os dias 9 e 12 de abril, seus líderes e vice-líderes de classe, que passarão a atuar como interlocutores das turmas junto à comunidade escolar. Para isso, nestas segunda e terça-feira (2 e 3), está sendo constituída uma comissão eleitoral em cada unidade escolar, que ficará responsável por organizar e fiscalizar todo o processo eleitoral que vai desde o período de campanha, que ocorre de 4 a 6 de abril, ao período de votação.

No Centro Educacional Monteiro Lobato, localizado em Firmino Alves (440 km de Salvador), a comissão eleitoral já foi formada e conta com representantes dos alunos, professores, funcionários e das famílias. A professora e vice-diretora, Sicleide Cintra, está exercendo a função de presidente da Comissão Eleitoral e fala sobre a função deste coletivo. “A comissão tem um papel muito importante na eleição de líderes de classe, pois iremos viabilizar a realização de todo o processo eleitoral de forma consciente e democrática. Uma das nossas ações será ouvir as propostas de cada um dos candidatos, em cada sala de aula”, destacou a educadora.

O estudante Rodrigo de Jesus, 19, 3° ano, é um dos candidatos de sua turma. Caso seja eleito, este será o seu segundo ano como líder de classe. “Atuei como líder no ano passado e acredito que fiz um ótimo trabalho, pois o meu objetivo de incentivar os colegas aos estudos e a participarem dos projetos estruturantes foi alcançado. Agora, tenho mais experiência para exercer esta função e ajudar toda a comunidade escolar”, afirma o candidato.

Quem também está na expectativa da eleição é Eduardo Bonfim, 16, 2° ano. “Esta é a primeira vez que sou candidato e estou muito animado porque quero ajudar meus colegas no que for necessário. Já estou pensando nas propostas que apresentarei na campanha”, disse, entusiasmado.

Cronograma da eleição:

02 e 03 de abril – Constituição da Comissão Eleitoral;

04 a 06 de abril – Período de campanha;

09 a 12 de abril – Período de votação;

17 a 28 de abril – Lançamento dos dados dos líderes de classe no sistema escolar.

Estudantes já podem solicitar isenção da taxa de inscrição para o ENEM

O período para solicitar a isenção da taxa de inscrição no Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM) 2018 começa nesta segunda-feira (2) e segue até o dia 11 de abril. Assim como os 30 minutos a mais no segundo dia de provas para as disciplinas Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias, o processo para solicitar isenção de taxa é uma das novidades do exame deste ano.
Todos os interessados, isentos ou não, deverão se inscrever entre 7 e 18 de maio, com pagamento da taxa até 23 de maio. A aprovação do pedido de isenção não significa que a inscrição está realizada automaticamente. Portanto, para quem se enquadra nos critérios de isenção, serão necessárias essas duas etapas.
 
download
Quem teve direito à gratuidade no Enem 2017, faltou aos dois dias de aplicação no ano passado e pretende requerer novamente a isenção no ENEM 2018 deverá justificar a ausência no mesmo período e no mesmo sistema da isenção. A relação de documentos aceitos para cada motivo de ausência está listada no edital, no site ENEM 2018 e no Portal do INEP.
 
O resultado da solicitação de isenção será divulgado na Página do Participante em 23 de abril. O período de apresentação de recursos será entre 23 e 29 de abril, quando o interessado terá a oportunidade de apresentar novos documentos. Se o recurso for negado, o candidato ao ENEM 2018 ainda terá a opção de se inscrever, em maio, e pagar a taxa de R$ 82.
 
Beneficiados – Quatro perfis serão beneficiados pela gratuidade, sendo um deles inédito. Será isento da taxa de inscrição o participante que:
  • Estiver cursando a última série do Ensino Médio em 2018, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica;
  • Tiver participado do Encceja 2017, na modalidade do Ensino Médio, na aplicação nacional, para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL), ou exterior, e obtido proficiência que permita certificação na área de conhecimento na qual se inscreveu;
  • Tiver cursado todo o Ensino Médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e comprovar renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio (Lei nº 12.799/2013);
  • Declarar estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda, e estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) por apresentar renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos. O participante que solicitar isenção da taxa de inscrição por estar incluído no CadÚnico deverá informar o seu Número de Identificação Social (NIS), único e válido (Decreto nº 6.135/2007).
Clique aqui para acessar a página do ENEM 2018.

 

Diretores podem solicitar remanejamento e reserva técnica de livros para as escolas

Está aberto, até o dia 13 de abril, o sistema para remanejamento de livros didáticos e solicitação da reserva técnica para aquisição de novos exemplares para as unidades escolares. O remanejamento é destinado à troca de livro entre escolas, buscando equilibrar as quantidades disponibilizadas para cada uma. A solicitação técnica apenas deve ser feita quando o remanejamento de livros não for suficiente, analisado a quantidade real de estudantes e as quantidades de livros disponíveis por escola. O sistema pode ser acessado no endereço pdeinterativo.mec.gov.br.

índice

A coordenadora de Livros Didáticos e Biblioteca da Secretaria da Educação do Estado, Alessandra Santana, fala sobre a importância do processo. “Os gestores devem ficar alertas, pois para demandar livros na Reserva Técnica é necessário ofertar algum livro na aba de ‘Remanejamento de Livros’. Cada rede de ensino tem à sua disposição livros para atender até 3% da projeção de matrículas deste ano. Por isso, o pedido tem que ser de acordo com a real necessidade de livros apenas para o ano de 2018”, afirmou.

O objetivo do Sistema de Remanejamento é auxiliar os sistemas de ensino estaduais, municipais e do Distrito Federal na realização das trocas de livro entre escolas, buscando equilibrar as quantidades disponibilizadas a cada uma. Caso o remanejamento não tenha suprido a demanda de livros das escolas, é possível solicitar a reserva técnica pelo mesmo sistema.

Todas as orientações quanto à execução do PNLD em seu âmbito de gestão e, mais especificamente, quanto à utilização do sistema, estão disponíveis no portal do FNDE, em www.fnde.gov.br >> Programas > Programas do Livro > Livro didático > Apoio à Gestão.

Secretaria da Educação do Estado mobiliza estudantes para a eleição de líderes de classe

Mais de 45 mil estudantes da rede estadual deverão ser eleitos líderes de classe para o ano letivo 2018. O processo será realizado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, entre os dias 9 e 12 de abril, mas as escolas já estão sendo mobilizadas com a participação de representantes dos colegiados escolares e dos grêmios estudantis, que dialogam com os estudantes sobre a importância desta liderança, para contribuir com a gestão democrática e participativa das escolas.

download (1)

No Colégio Estadual Senhor do Bonfim, em Salvador, as eleições para líderes de classe se tornaram um dos principais assuntos discutidos no horário do intervalo. Segundo o vice-diretor do colégio, Fabiano Rocha, o momento está sendo de articulação para o levantamento de candidaturas. “Ficamos na supervisão, observando a articulação deles e com a parte de documentação, mas o protagonismo é dos estudantes. Eles já começaram as conversas com as turmas e até já estão coletando nomes dos possíveis candidatos, para que possam elaborar suas propostas de atuação”, afirmou.

No Colégio Estadual Monteiro Lobato, em Firmino Alves, a 519Km de Salvador, na região Sul do Estado, os membros do Colégio Escolar também estão engajados na atividade. “Começamos nesta segunda-feira a mobilização aqui na unidade. Estamos contando com a colaboração do Colegiado Escolar que está participando das visitas às turmas e da conversa com os estudantes. Estamos falando sobre a eleição, sobre o cronograma e a importância do líder para a turma e para o colégio”, comentou a vice-diretora, Cicleide Soares.

Os estudantes eleitos nas funções líder e vice-líder de classe serão os interlocutores da turma junto à comunidade escolar. Entre as atividades, eles devem cuidar do interesse coletivo, identificando as necessidades da turma relativo à melhoria do processo de ensino e aprendizagem e estimular o bom relacionamento da turma, através do diálogo.

A coordenadora de Articulação de Projetos para a Juventude da Secretaria da Educação do Estado, Helaine Souza, disse que esta será a quarta eleição para líderes de classe na rede estadual. “A rede estadual está caminhando para o 4º ano de eleição de líderes de classe, potencializando a gestão democrática e qualificando as escolas. Com isso, os estudantes estão se engajando nas atividades da unidade, proporcionando e impulsionando a melhoria do aprendizado e do relacionamento com os colegas, professores, além do aprimoramento da gestão e da Educação da Bahia”.

Cronograma da eleição:

Até 28 de março – Mobilização dos estudantes nas escolas por meio de reuniões e seminários internos para discutir as atribuições dos líderes de classe;

2 e 3 de abril – Constituição da Comissão Eleitoral;

4 a 6 de abril – Período de campanha;

9 a 12 de abril – Período de votação;

17 a 28 de abril – Divulgação dos eleitos com lançamento dos nomes no sistema escolar

1ª Etapa da Escuta Inspiracional

Está acontecendo no auditório do Núcleo Territorial de Educação, hoje (21/03) e amanhã (22/03) a 1ª Etapa da Escuta Inspiracional, com a presença dos Estudantes da Rede Estadual, Municipal, Privada, Professores, Gestores, Comunidade Escolar e Famílias, para participarem de uma das etapas estruturantes para subsidiar a escrita do currículo do nosso Estado, o Currículo Bahia.

Essa etapa consiste na Escuta Inspiracional, ou seja, a escuta dos diversos segmentos da comunidade escolar; o que eles têm a nos dizer sobre os aspectos que estão funcionando e o que ainda precisam melhorar nas suas unidades escolares, uma escola que faça sentido para o desenvolvimento integral dos estudantes, das diversas redes do Estado da Bahia.

 29497176_975992365911008_8318893846572312500_n

Para a Diretora Regional, Maria Aparecida Vasco das Chagas, a qual está participando ativamente de todo o processo, desde a mobilização à escuta propriamente dita, essa é uma ação de grande relevância para o fortalecimento da educação democrática e fundamentada em pilares essências do conhecimento. A expectativa dessa escuta com os diferentes segmentos de todas as redes educacionais contribuirá para a construção de um currículo significativo, qualificado e democrático.

 

Educadores podem inscrever trabalhos para apresentação no Virtual Educa Bahia 2018

índice

Estão abertas, até o dia 14 de abril, as inscrições para educadores de todo o Brasil que desejem apresentar trabalhos durante o Virtual Educa Bahia 2018, que acontecerá entre os dias 4 e 8 de junho, no Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Apoio Educacional e Tecnologia da Informação Isaías Alves (antigo ICEIA), no bairro do Barbalho, em Salvador. A seleção dos trabalhos será feita por uma comissão científica internacional e divulgada no dia 4 de maio. A inscrição é gratuita e deve ser realizada on-line, no endereço virtualeduca.org.

O secretário da Educação do Estado da Bahia, Walter Pinheiro, destacou a importância do Virtual Educa para a Bahia. “Este não é um encontro de tecnologia, mas para que a gente possa entender como é possível, contextualizando a Educação e enxergando cada território, promover a transformação social. Sou parceiro deste encontro desde a sua primeira edição. No ano de 2015, no México, disputamos sediar o Virtual Educa com a Argentina. Depois, em 2017, na Colômbia, a Bahia já sacramentou o Virtual Educa. Tanto é que encerramos na Colômbia o ritual de passagem para 2018 aqui na Bahia”, destacou.

O Virtual Educa Bahia 2018 está estruturado em seis fóruns, cada um dos quais é dividido em seminários. A apresentação do trabalho deve ser feita dentro de um fórum escolhido pelo educador na inscrição. São eles: Fórum de Educadores para a Era Digital; Fórum de Educação Superior, Inovação e Internacionalização; Fórum de Aprendizagem ao Longo da Vida; Fórum de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P + D + i); Fórum de Inclusão, Avaliação e Qualidade; e Fórum de Desenvolvimento Tecnológico (Makers).

Após a comunicação dos trabalhos selecionados para a apresentação no evento, os autores terão um prazo para confirmar a participação, bem como, para solicitar revisões de possíveis erros. As apresentações selecionadas, com divulgação prevista para o dia 25 de maio, constarão na programação geral do Encontro.

Sobre o Virtual Educa – O XIX Encontro Internacional Virtual Educa é um dos maiores eventos mundiais sobre inovação e tecnologia aplicadas à Educação e foi criado em 2001 com a Organização dos Estados Americanos (OEA), cujo objetivo é promover a inovação na Educação para promover a transformação social e o desenvolvimento sustentável, especialmente na América Latina e no Caribe. Tanto é que o lema desta edição é “Educação para transformar a sociedade em um espaço único multicultural”, em virtude da importância estratégica da Educação nas sociedades plurais do século XXI. Além disso, o Virtual Educa está associado ao I Fórum Global Virtual Educa sobre ‘Cooperação SUL-SUL’, sobre questões de inovação para inclusão.

O Virtual Educa opera por meio de uma aliança de organizações internacionais, agências multilaterais e instituições públicas e privadas, que reúne os setores público, empresarial, acadêmico e da sociedade civil. Nesta edição do encontro, será lançado o programa Think Blue, do Banco Mundial, que visa estabelecer um marco mundial sobre a economia do mar, com foco na sustentabilidade e na economia sustentável. Maiores informações no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

 

- Período de submissão dos trabalhos (não prorrogável)

até 14/04

- Envio do certificado de registro do trabalho (CRP)

e a carta de convite (CIV)

Ao enviar o documento

- Avaliação de trabalhos submetidos

15 a 26 de abril

 

Comunicação dos resultados

27 de abril

Prazo de correção de erros

Prazo para transferência ao fórum virtual

02 de maio

 

Publicação dos resultados finais na web 

Repositório digital de certificados: certificado de apresentação
selecionado (CPS) e certificado de registro (CIN)

04 de maio

Acesso o painel do Apresentador para carregar

a comunicação que será apresentada na Encontro, formato PDF

até 08 de maio

Publicação do programa geral na web

25 de maio

 

XIX Encontro Internacional Virtual Educa Brasil

 

04 a 08 de junho

Repositório digital de certificados: certificado de apresentação (CPP) e certificado de participação (CPA)

22 de junho

Secretaria convoca aprovados em processo seletivo para o EMITEC

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia convocou os candidatos classificados no processo seletivo simplificado, mediante publicação no Diário Oficial (D.O.) desta terça-feira (13), para a contratação temporária na função de técnico de nível médio/mediador do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC), pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA). Os selecionados para o interior do Estado deverão comparecer, no prazo de dez dias úteis, a partir desta data (13/3/2018), no horário das 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h30, nas sedes do Núcleo Territorial de Educação (NTE) ligado à cidade para o qual foram aprovados.
800-x-400secretaria-convoca-aprovados-em-processo-seletivo-para-o-emitec
Os candidatos aprovados deverão comparecer munidos de documentos, em original e cópia, como: diploma (devidamente registrado de conclusão de curso de nível superior ou de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação); títulos obtidos no exterior revalidados no Brasil, caso tenha; Carteira de Identidade, CPF, Certidão de Nascimento ou de Casamento; Certidão de Nascimento ou RG dos dependentes; número da conta corrente do Banco do Brasil; Título de Eleitor e dos comprovantes dos dois últimos pleitos ou certidão de quitação eleitoral fornecida pelo respectivo cartório eleitoral; declaração de bens; PIS/PASEB (caso seja inscrito); e Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) para comprovação da experiência profissional, entre outros.

Oficinas do Centro Juvenil de Ciência e Cultura beneficiam mais de 1.800 estudantes em toda a Bahia

As aulas das oficinas dos Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC) de Barreiras e Itabuna começaram nesta segunda-feira (12). Na terça (13), será a vez do CJCC de Senhor do Bonfim e no dia 26/3, no de Vitória da Conquista. Já no CJCC de Salvador, as oficinas estão funcionando desde o dia 5 deste mês. São mais de 75 oficinas oferecidas por essas unidades ligadas à rede estadual de ensino, beneficiando mais de 1.850 estudantes. As oficinas estão abertas aos estudantes que cursam do 9º ano ao 3º ano do Ensino Médio na rede e quem tiver interesse ainda pode se inscrever para as vagas residuais

índice

A estudante Lúcia Silva, 16, alunos do curso de Agropecuária do Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP), está retomando às oficinas criativas do CJCC de Barreiras, das quais já participa há quase dois anos e fala sobre as expectativas de fazer as oficinas MovimentAÇÃO e Empreenda. “Já tinha feito Trilha no Cerrado e Ecociências e foi uma experiência muito interessante. Percebi que passei a ter um melhor rendimento no CETEP. A minha expectativa é agregar novos conhecimentos, a partir das oficinas voltadas à dança e ao empreendedorismo”, relata a aluna.

A vice-diretora do CJCC de Barreiras, Francinea Cajango, revela que cerca de 100 estudantes participaram da aula inaugural, nesta segunda, das 11 oficinas ofertadas pela unidade. Ela explica que foram realizados quatro giros de oficinas para que os estudantes conhecessem o conteúdo. O primeiro giro foi na área de Linguagem, incluindo as oficinas de AudioVizoo; Do ato ao teatro; e Fotografe. No segundo giro, o foco foi a área de Ciências da Natureza e nele os alunos tiveram o primeiro contato com as oficinas Trilhas do Cerrado; Trilha de Espeleológicas; Ecociências; e Ciências em casa. O terceiro giro foi relacionado à Robótica e o quarto giro foi relativo à oficina Empreenda.

A gestora destaca que estão sendo oferecidos 12 oficinas, cujas aulas prosseguem até maio, com turmas funcionando das 8h às 20h30. “A nossa experiência mostra que o trabalho que fazemos no CJCC contribui para que os estudantes consolidem os seus conhecimentos teóricos sistematizados nas suas aulas regulares da rede estadual. Com as oficinas, os estudantes agregam conhecimentos práticos, o que aumenta o seu processo de ensino e aprendizagem. Perceber esse rendimento é muito gratificante”, relata a gestora.

No Centro Juvenil de Ciência e Cultura de Itabuna, as aulas já começaram para valer, nesta segunda, nas dez oficinas ofertadas: Escola de Ciência, Arte & Magia; Animaps; Literatura EnCena; Ciência Super Investigativa (CSI); Redes Sociais e a Língua Inglesa; Ciência Fantástica; Produção de Vídeos; Reciclagem; English Course; e Robótica. As turmas começam às 8h até às 21h.

O vice-diretor José dos Santos Júnior fala sobre a importância das atividades do CJCC para o processo de ensino e aprendizagem dos estudantes. “Está constatado que os alunos que participam das nossas oficinas têm um ganho no seu rendimento escolar. Eles associam a prática vivida aqui e associam à teoria aprendida nas aulas teóricas dos seus respectivos colégios e isto melhora o seu desempenho escolar”, considera.

No Centro Juvenil de Senhor do Bonfim, a inauguração, que acontece na terça (13), será às 16h, com jogos, dança e brincadeiras lúdicas. Dentre as 11 oficinas ofertadas, as mais procuradas estão sendo as de Robomaker, através do qual, os alunos aprendem a criar robôs utilizando materiais reaproveitados de outros equipamentos eletrônicos; de Juvenil Dance, que visa a discussão sobre estilos musicais e participam de competições de dança; e de Teatro Científico, que foca na representação teatral com elementos da Ciência e experimentos científicos.

Sobre o CJCC – Os Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC) são uma iniciativa da Secretaria de Educação do Estado para promover a ampliação da jornada escolar e a diversificação do currículo dos estudantes, que participam das oficinas no turno oposto aos quais estão matriculados. As atividades são feitas de forma lúdica em ambientes interativos. O CJCC conta com cinco unidades no Estado, em Salvador, Senhor do Bonfim, Vitória da Conquista, Barreiras e Itabuna.

Terminam nesta segunda-feira as inscrições para 3.406 vagas de cursos técnicos de nível médio na rede estadual

Terminam, nesta segunda-feira (12), as inscrições para o sorteio eletrônico de 3.406 vagas residuais da Educação Profissional e Tecnológica ofertadas pela Secretaria da Educação do Estado, na forma de articulação subsequente ao Ensino Médio (PROSUB), para o ano letivo de 2018. Ao todo são 37 cursos técnicos de nível médio ofertados em Centros Estaduais e Territoriais de Educação Profissional, além de unidade compartilhadas, localizados em 66 municípios. As inscrições são feitas, exclusivamente, no Portal da Educação, onde também está disponível a oferta por curso e unidades de ensino.
índice
As vagas serão preenchidas mediante sorteio eletrônico que será realizado na quinta-feira (15). Pode se inscrever, o estudante que concluiu o Ensino Médio e suas modalidades, de forma gratuita, seja em estabelecimentos de ensino da Rede Pública de Educação (no âmbito federal, estadual, municipal), que, comprovadamente, cursou o Ensino Médio em instituição filantrópica ou em instituição privada na condição de bolsista integral.
Dentre os cursos estão os técnicos em Segurança do Trabalho, Enfermagem, Teatro, Produção de áudio e vídeo, Alimentos, Informática, Agroecologia, Cozinha, Turismo e Nutrição, Dietética, Zootecnia e Instrumento Musical. Para o ano letivo de 2018, os cursos tiveram a carga horária reduzida, de dois anos para 12 meses ou um ano e meio.
Os candidatos que se inscreveram no primeiro sorteio eletrônico, durante o período de 24 de janeiro a 1º de fevereiro, para as turmas cujo número de inscritos foi inferior ao número de vagas, estão automaticamente classificados e têm assegurado o direito à matrícula, sem necessidade de nova inscrição.
Matrícula - A matrícula para as vagas residuais ocorre na unidade escolar e no turno para qual o aluno foi contemplado, entre os dias 19 e 21 de março, apresentando a seguinte documentação: Original e cópia do Histórico Escolar; original e cópia da Cédula de Identidade; original e cópia do Cadastro de Pessoa Física (CPF); original e cópia legível, com data recente, do comprovante de residência (Água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, Internet, contrato de aluguel, IPTU ou cartão de crédito). As aulas serão iniciadas no dia 2 de abril.
CRONOGRAMA

ATIVIDADE

PERÍODO

Período de inscrições do Processo Seletivo para os cursos Técnicos de Nível Médio

03/03/2018 a 12/03/2018

Resultado

15/03/2018

Matrícula dos candidatos contemplados no sorteio eletrônico

19,20 e 21/03/2018

Início do Ano Letivo

02/04/2018