Secretaria realiza encontro formativo voltado aos projetos de arte e cultura nas escolas

videoconferencia-projeto-de-arte-e-cultura-foto-liviane-barbosa-27
Estudantes, professores articuladores, coordenadores pedagógicos e diretores escolares da rede pública estadual participaram de mais uma edição da videoconferência “A Arte e Cultura nos contextos escolares: o pioneirismo baiano na consolidação das políticas culturais com a juventude estudantil”, nesta quinta-feira (17), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, e transmitida para as telessalas dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE). Para dialogar sobre o tema, estiveram presentes, entre outros, o maestro Fred Dantas, o músico Luciano Bahia, o historiador Sérgio Guerra Filho e a ex-aluna da rede, Inara Carneiro, finalista do Festival da Canção Estudantil (FACE), em 2015.
O objetivo do encontro foi aprofundar o debate sobre os conhecimentos artísticos e culturais estudantis em suas distintas linguagens e garantir o processo formativo nas escolas para a realização das etapas regionais e estadual dos projetos de arte e cultura. “Ao lado de profissionais renomados, que atenderam ao nosso convite por acreditarem nas políticas culturais do Estado, nos reunimos para, juntos, nortearmos os próximos passos daqueles que irão participar dos projetos, que terão suas culminâncias das etapas regionais entre setembro e outubro. Todas as regiões estarão em festa, com saraus, festivais de música e mostras, até chegarmos ao Encontro Estudantil anual”, afirmou a coordenadora de Projetos Intersetoriais da Secretaria da Educação, Nide Nobre.
Atualmente cursando o curso superior de Fisioterapia, Inara Carneiro, 19, contou que ter participado do FACE foi um dos momentos mais importantes de sua vida. “Para mim é muito gratificante estar aqui, hoje, falando da minha experiência de ter vivenciado todas as etapas do festival de música da rede estadual e ter chegado à final. Deixo aqui a minha dica: professores, incentivem os seus alunos porque o FACE abre portas; é uma espécie de gaiola que, quando se abre, a gente alcança altos voos”, disse a ex-estudante da Escola Estadual João Carneiro, no povoado de Vila Carneiro, em Conceição do Coité (a 211 km de Salvador).
Protagonismo estudantil
À frente do Festival da Canção Estudantil como diretor musical, Luciano Bahia, desde a sua primeira edição, em 2007, afirmou que o FACE é fundamental e vitorioso. “O FACE é um projeto de vida longa. Selecionamos, por ano, 15 músicas e, ao longo das nove edições, foram 135 canções, acompanhadas por uma banda de músicos renomados e gravadas de maneira o mais profissional possível e que compõem um importante acervo musical da Bahia”, pontuou o músico baiano.
O maestro Fred Dantas, criador das Oficinas de Frevos e Dobrados, destacou a importância das fanfarras dentro das escolas e da recuperação das Filarmônicas do Estado. “Esses grupos têm sido um veículo para se dar o primeiro contato dos estudantes com a música. O Governo do Estado, através do Núcleo de Orquestras Juvenis, com toda aspiração e amor, fez renascer as filarmônicas. Hoje, temos mais de oito mil crianças inscritas nelas, em todo a Bahia”, ressaltou.
O historiador Sérgio Guerra Filho, que abordou o tema “A independência e seus festejos na Bahia”, ressaltou a importância do protagonismo estudantil na Educação. “Ao discutir o protagonismo popular na guerra da Independência da Bahia, faço uma referência à participação dos estudantes nas fanfarras escolares e nos jovens, nas filarmônicas. Não podemos perder de vista a Educação na construção da identidade de um povo. Esperamos 50 anos para termos a segunda universidade federal no Estado (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia), e sabemos que são as instituições públicas de Ensino Superior e da Educação Básica os vetores fundamentais do desenvolvimento econômico e, sobretudo, humano da sociedade”.
Projetos culturais
Os projetos culturais da rede estadual têm a participação dos estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio e equivalentes. São eles: Festival Anual da Canção Estudantil (FACE), Tempos de Arte Literária (TAL), Artes Visuais Estudantis (AVE), Educação Patrimonial e Artística (EPA), Mostra de Dança Estudantil (Dance), Produção de Vídeos Estudantis (Prove), Encontro de Canto Coral Estudantil (Encante); Festival Estudantil de Teatro (Feste) e Fanfarras Escolares. A Secretaria da Educação do Estado busca, com esta inciativa, diversificar e inovar os currículos escolares, assim como valorizar as expressões culturais regionais, promovendo exposições das obras de arte estudantis nos contextos escolares e, sobretudo, o acesso dos estudantes ao conhecimento científico, às artes e à cultura.

Estado amplia acesso à bolsa permanência para professores prestes a se aposentar

download

Os professores que possuem os requisitos para a aposentaria, mas que desejam permanecer em atividade, podem requerer, a qualquer tempo, o benefício da Bolsa de Estímulo à Permanência em Atividade de Classe, implementada pela Lei n° 13.595/2016. A medida é baseada em portaria publicada pela Secretaria da Educação, no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (16). Aqueles que optarem pela bolsa e decidirem continuar lecionando recebem valores de R$ 800, para carga horária de 20h, e de R$ 1.600, para 40 horas. A vigência do recebimento da bolsa é a partir da data da publicação do ato de concessão.

“A Bolsa de Estímulo à Permanência em Atividade de Classe é uma iniciativa que reflete os esforços empreendidos pelo Governo do Estado para melhorar a educação pública. Afinal, estamos tratando de professores com larga experiência, profissionais que dedicaram suas vidas à escola e que, portanto, podem optar em continuar contribuindo com a educação e com a formação dos nossos estudantes”, comentou o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

Dentre os requisitos para ser beneficiado, o professor precisa ter completado as exigências para a aposentadoria voluntária nos termos da Lei nº 11.357/2009; estar lotado em uma unidade escolar e ter optado por permanecer em efetiva regência de classe. A Bolsa de Estímulo à Permanência será paga pela Secretaria da Educação do Estado mensalmente e, exclusivamente, durante o ano letivo, e serão levadas em consideração áreas do conhecimento em que haja carência de docentes na rede estadual.

Os professores poderão dar entrada na solicitação do benefício se dirigindo ao SAC Educação, em Salvador e Feira de Santana, ou no Núcleo Territorial de Educação (NTE) vinculado à sua escola. Na etapa seguinte, o setor de Recursos Humanos da Secretaria da Educação apreciará os pedidos para a publicação dos contemplados, por meio do Diário Oficial do Estado.

Oficina prepara educadores para participação na Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente

Cerca de 200 professores da rede estadual de ensino participaram de uma oficina promovida pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que buscou preparar os educadores para a participação nas Olimpíadas Brasileiras de Saúde e Meio Ambiente. A formação, realizada no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, integrou as atividades em comemoração aos cinco anos do programa Ciência na Escola.
dsc0177-1
“Contamos com oficineiros da Fiocruz do Rio de Janeiro e da Bahia que trabalharam com os nossos professores e passaram orientações de como participar das Olimpíadas. A fundação é parceira do Ciência na Escola desde 2012 e já alcançamos bons resultados, com estudantes sendo premiados nestas olimpíadas. Este é mais um movimento que o programa lança na rede estadual”, disse Shirley Costa, coordenadora do Ciência na Escola.
Os professores foram capacitados pelos oficineiros para orientar os estudantes quanto a melhor forma de construir e submeter projetos às Olimpíadas. “Eu consigo identificar uma semelhança muito intensa, entre o Ciência na Escola e as Olimpíadas. O programa trata dos assuntos que estão ligados à saúde e o meio ambiente, desenvolvendo projetos e acredito que por conta desta identificação, o professor que atua no Ciência na Escola tem condições de fazer a sua inscrição para as Olimpíadas com muito mais facilidade”, afirmou Inês Sodré, coordenadora pedagógica das Olimpíadas Brasileira de Saúde e Meio Ambiente.
“Essa oficina pedagógica amplia o nosso campo de atuação e nos traz as ferramentas necessárias para que a gente possa trabalhar com os estudantes. É uma oportunidade única”, celebrou a professora Gildete Brito, do Centro Estadual de Educação Profissional Em Gestao Negocios E Turismo Luiz Navarro de Brito.
As Olimpíadas Brasileira de Saúde e Meio Ambiente foram criadas em 2001 para promover a melhoria das condições de vida e saúde da população brasileira, além de estimular professores e estudantes de escolas públicas e privadas a refletirem sobre a temática, desenvolvendo projetos de forma crítica e criativa. As informações sobre inscrições estão disponíveis no site www.olimpiada.fiocruz.br.

Rui anuncia concurso com 3,4 mil vagas para professores e coordenadores pedagógicos

diario-oficial
Em reunião com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia (APLB), nesta segunda-feira (14), na Governadoria, o governador Rui Costa anunciou detalhes sobre concurso público para contratação de 2.796 professores e 664 coordenadores pedagógicos. As vagas do certame serão municipalizadas e distribuídas por 365 cidades baianas. O Governo do Estado também aumentou para 70% o percentual de gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET) de todos os diretores escolares da rede de ensino. Ainda como resultado da reunião com a APLB, o governador autorizou a ampliação da jornada de trabalho para aqueles educadores que trabalham 20h semanais e desejam passar para o regime de 40h, recebendo o dobro do salário.
“A reunião foi muito positiva. Conversamos sobre os pleitos, as demandas dos professores, e saímos com boas notícias. O concurso, que terá um total de 3.460 vagas, será publicado em, no máximo, 60 dias. Além disso, anunciamos a incorporação para 1.078 professores da ampliação da jornada de trabalho, de 20h para 40h semanais. E, cumprindo um compromisso meu, também aumentaremos a remuneração de diretores de escola. Marquei uma nova reunião com a APLB para a segunda quinzena de setembro, quando conversaremos sobre o restante da pauta, com as promoções dos reajustes que vamos praticar ainda este ano, em função dos cálculos que estamos fazendo pra dar garantias que possamos fazer melhoria salarial associada à segurança, tanto dos aposentados, quanto dos professores da ativa”, afirmou Rui Costa.
Segundo o secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro, o governador está apostando firmemente na mudança pedagógica e no apoio à escola. “Além das vagas oferecidas no concurso, estamos aumentando a carga horária de 262 coordenadores pedagógicos de 20 para 40 horas semanais com o objetivo de cobrir a totalidade de nossas escolas com coordenação pedagógica. Os novos professores também vão trabalhar num regime de 40 horas, o que possibilita uma maior interação e ambientação do professor com a escola, e consequentemente uma melhora do trabalho que é feito”, explicou.
Os concursos para os educadores e o aumento de carga horária têm o objetivo de suprir a vacância deixada pelo grande volume de aposentadorias e garantir a prestação dos serviços da rede pública de ensino, composta por 1.297 unidades escolares.
A abertura dos certames e a concessão de aumento de carga horária remunerada foram possíveis em função de o Estado ter saído do limite prudencial com gastos de pessoal, como determina a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) está em fase de preparação dos editais.
As 2.796 vagas abertas para professores do ensino médio e fundamental vão gerar um impacto de R$ 117,6 milhões, a partir de janeiro de 2018. As vagas serão para professores do magistério público com carga de 40 horas semanais. Já com as 664 vagas de coordenadores pedagógicos, o Governo terá uma despesa com custeio de R$ 29,4 milhões, no exercício 2018.
De acordo com o presidente da APLB, Rui Oliveira, a reunião foi proveitosa. “Decidimos pontos importantes com o governador, que figuram como uma grande vitória do movimento sindical.  Vamos continuar discutindo sobre promoções e outras questões em outro encontro que já deixamos marcado”.
Carga horária
O Governo vai abrir processo para a ampliação de carga horária de 816 professores do ensino fundamental e médio. O acréscimo dos gastos com ampliação da carga horária será de 29,4 milhões no exercício de 2018. Os processos de aumento da carga horária devem ser solicitados individualmente pelos interessados e estarão condicionados à existência de vaga no quadro de magistério público estadual, além da observância dos critérios previstos no Estatuto do Magistério.
Também foram abertas 262 vagas para aumento de carga horária de coordenadores pedagógicos. Eles vão sair de uma carga de 20 horas para 40 horas semanais. A medida teve entendimento favorável da Procuradoria Geral do Estado (PGE), em função de suprir a vacância de aposentados, exonerados e falecimentos.
Bolsa Permanência
A Bolsa de Estímulo à Permanência em Atividade de Classe é outra medida do Governo do Estado para garantir a boa prestação dos serviços da rede pública de ensino, em função da grande quantidade de aposentadorias de educadores.
Em dezembro de 2016, a administração estadual abriu três mil vagas da bolsa para professores que já possuem os requisitos para aposentaria, mas que desejam permanecer em atividade. Aqueles que optarem pela bolsa e decidirem continuar lecionando recebem valores entre R$ 800 e R$ 1,6 mil, dependendo se a carga horária é de 20 ou 40 horas.

Segundo o secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro, o governador está apostando firmemente na mudança pedagógica e no apoio à escola. “Além das vagas oferecidas no concurso, estamos aumentando a carga horária de 262 coordenadores pedagógicos de 20 para 40 horas semanais com o objetivo de cobrir a totalidade de nossas escolas com coordenação pedagógica. Os novos professores também vão trabalhar num regime de 40 horas, o que possibilita uma maior interação e ambientação do professor com a escola, e consequentemente uma melhora do trabalho que é feito”, explicou.

Terminam hoje as inscrições para o Prêmio Gestão Escolar 2017

gestao
Terminam, nesta segunda-feira (14), as inscrições para o Prêmio Gestão Escolar 2017, que contempla projetos inovadores e gestões competentes na Educação Básica da rede pública. Promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), desde 1998, a ação foi lançada no 12 de maio, durante a tradicional feira Bett Educar, em São Paulo.
Podem concorrer escolas do ensino regular da educação básica, das redes públicas estaduais/distrital e municipais. A restrição fica para as escolas e/ou os diretores que já tenham sido premiados como destaque estadual/distrital na edição anterior do PGE ano 2015. Estas não poderão participar. “As nossas escolas estão cheias de ótimas iniciativas e este prêmio é um merecido reconhecimento para estas boas práticas que fortalecem o eixo pedagógico nas escolas”, afirmou Walter Pinheiro, secretário da Educação.
Para participar, o gestor deve se inscrever no portal do Consed, onde terá acesso a um instrumento de autoavaliação. “Ao analisar os processos de gestão da escola, ele vai elaborar um plano de ação, construído com a participação da comunidade escolar. Ao final, os melhores resultados serão premiados”, explica o presidente do Consed, Idilvan Alencar.
Esta é a 16ª edição do prêmio, que a partir de 2011, tornou-se bianual. Em mais de duas décadas, aproximadamente 34 mil escolas de todas as regiões do país participaram e mais de 7 milhões de estudantes foram beneficiados com os projetos implantados pelos gestores inscritos. Neste período, 90 escolas chegaram à etapa final e foram premiadas com recursos financeiros e equipamentos, além de formação e intercâmbio para os diretores.
O processo de seleção das escolas inscritas se dará em quatro etapas: Local, Estadual, Regional e Nacional. Nas etapas Local e Estadual, representantes do Consed e da Uninão Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), em cada unidade da federação, serão responsáveis por selecionar os avaliadores e coordenar o processo seletivo em suas respectivas jurisdições, considerando os critérios descritos neste Edital.
De acordo com o edital, a qualquer momento do processo seletivo, os avaliadores poderão realizar visitas técnicas às escolas inscritas para verificar se as informações constantes na ficha de inscrição condizem com a realidade observada, sendo que, por ocasião dessas visitas, poderá ser solicitada a comprovação documental das informações.
Na etapa seguinte, os comitês regionais contarão com especialistas contratados pela Coordenação Nacional do Prêmio Gestão Escolar, que utilizarão como objeto de análise a ficha de inscrição elaborada pela escola. Ao final, na etapa nacional, a Comissão, composta por representantes das instituições parceiras e do Consed, por meio de voto direto, secreto e unipessoal, indicará a escola “Referência Brasil” a partir da análise da ficha de inscrição e de entrevistas com os diretores.
O PGE 2017 será concedido nas categorias “Escola Destaque Local” “Destaque Estadual/Distrital”, “Destaque Regional” e “Referência Brasil”. Além dos diplomas, haverá uma viagem de intercâmbio nacional para os representantes das escolas “Destaque Estadual/Distrital”, uma viagem de intercâmbio a um país da América Latina para os representantes das escolas “Destaque Regional” e “Referência Brasil”, além de um prêmio em dinheiro, no valor de R$ 30 mil, para a escola “Referência Brasil”.

Equipes do Centro Juvenil levaram mais dois prêmios neste sábado na Campus Party

robo3
Duas equipes dos Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC) de Salvador e Itabuna faturaram premiações nas categorias “Programação” e “Design”, na etapa Regional Bahia da Olimpíada Brasileira de Robótica, realizada na tarde deste sábado (12) na Campus Party.
O prêmio de melhor programação ficou por conta da equipe “Robograma 09”, de Salvador, e o de design foi para a equipe do interior. “Itabuna tinha apenas dois meses de Oficina de Robótica no Centro Juvenil. Então eles conseguiram avançar bem rápido”, destaca o coordenador dos Centros Juvenis, Iuri Rubim. Ele acredita que a premiação é o “reconhecimento de um trabalho que a Secretaria da Educação tem feito porque acredita que a robótica é uma dimensão importante desta educação contemporânea, que é mais conectada com a vida real e com a programação dos objetos”, disse.

A premiação deste sábado se soma ao prêmio Maker, conquistado na sexta-feira (11), pelos estudantes da oficina de Robótica do CJCC de Vitória da Conquista. Para o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, as premiações dos estudantes revela o protagonismo deles na competição e na Campus Party. “O envolvimento destes estudantes na oficina de robótica desperta o interesse deles por outras disciplinas associadas a este conteúdo e contribui para a formação do conhecimento, ao mesmo tempo que estimula a vocação para uma área de ponta no mundo da ciência, tecnologia e inovação.Temos trabalhado para fortalecer o eixo pedagógico na rede estadual e os Centros Juvenis de Ciência e Cultura têm a proeza de trabalhar com temas inovadores”, destacou.

A olimpíada do conhecimento consiste na competição de robôs criados através de kits de robótica, com o uso, por exemplo de Lego. O desafio é construir e programar um robô que desempenha funções em um ambiente simulado, seguindo algumas regras específicas.O objetivo é despertar e estimular o interesse pela robótica e áreas afins e promover a difusão de conhecimentos básicos sobre robótica de forma lúdica e cooperativa.

Secretaria realiza convocação de aprovados na seleção REDA nesta quarta (9)

myla02
A Secretaria da Educação do Estado publicou no Diário Oficial do Estado (DOE), desta quarta-feira (9), uma nova relação de convocados do processo seletivo simplificado em Regime Especial de Direito Administrativo (REDA). Estão sendo convocados nove aprovados, por ordem de classificação, para as funções de professor da Educação Básica. A convocação do DOE de hoje inclui, ainda, 77 aprovados para a função de técnico nível médio/mediador do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITec) e oito aprovados para o Ensino Profissional.
Os convocados pelo Diário Oficial desta quarta-feira têm um prazo de 10 dias úteis, a partir de hoje, para comparecer aos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) aos quais pertencem os municípios para quais foram aprovados. É preciso levar uma série de documentos, dentre eles, originais e cópias do CPF, Identidade, certidão de nascimento e de casamento, se for o caso, e da carteira de trabalho.

Secretaria amplia carga horária para Coordenação Pedagógica em tempo integral

inicio-das-aulas-no-colegio-david-mendes-em-2017-087
A Secretaria da Educação do Estado está ampliando a carga horária de coordenadores pedagógicos, como parte das ações estratégicas adotadas para fortalecer o eixo pedagógico das escolas. De acordo com a portaria publicada no Diário Oficial desta terça-feira (8), a medida contempla os coordenadores pedagógicos em exercício nas unidades escolares da rede estadual de ensino, submetidos ao regime de trabalho de 20 horas semanais para, se assim desejarem, apresentarem opção pela prestação de serviços em regime de tempo integral.
“Toda escola com coordenação pedagógica, como propulsor de transformação, é o desafio pautado para toda a Secretaria da Educação. Com esta medida, estamos avançando para que o eixo pedagógico seja fortalecido em todas as escolas”, afirma o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, ao lembrar que, com este mesmo objetivo, a Secretaria convocou, mediante publicação no Diário Oficial do Estado, no início do mês de maio, os coordenadores pedagógicos que estavam fora das escolas para retornar às unidades escolares.
O interesse pela ampliação da carga horária deve ser formalizado mediante RDV (Requerimento de Direitos e Vantagens), com expressa anuência pelo regime de 40 horas semanais, que deverá ser protocolado nos postos dos SAC/Educação ou no Núcleo Territorial de Educação (NTE) ao qual está vinculado. Também é preciso enviar a solicitação através do email  (cargahoraria.cped@educacao.ba.gov.br) para agilização do procedimento de análise, enquanto tramita o processo físico.

Secretaria da Educação realizou encontro com gestores escolares em Barreiras

dsc0112_0

A Secretaria da Educação do Estado realizou, nesta quinta-feira (20), no município de Barreiras, o ‘Diálogo com Gestores’. O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, acompanhado por técnicos do órgão central, se reuniu com gestores de escolas dos Núcleos Territoriais de Educação de Barreiras (NTE 11), de Bom Jesus da Lapa (NTE 02) e Santa Maria da Vitória (NTE 23), no Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Grande. O objetivo da atividade, que prossegue até esta sexta-feira (21), é estreitar, ainda mais, o diálogo com os gestores, fazendo o levantamento de demandas sobre questões como infraestrutura e, também, tratar do eixo pedagógico com vistas à melhoria da Educação.

Pinheiro acompanhou o governador Rui Costa na viagem a Barreiras e cumpriu agenda da pasta da Educação. Para ele, o encontro dá a possibilidade de conhecer o trabalho realizado pelas escolas, além de discutir as carências e dificuldades. “Muitas escolas vem superando as dificuldades e fazendo atividades maravilhosas. Por isso é importante entender as demandas de cada unidade e extrair lições de como trabalhar a melhora da educação nos aspectos pedagógicos e estruturais. Temos que transformar a escola num lugar estimulador que seja o caminho do futuro, tanto para a Educação Profissional quanto para a Educação Básica, seja para o mundo do trabalho ou para a universidade. Sempre enfatizando que a escola tem que ser um caminho para a vida”, destacou.
dsc0094_0
“O Diálogo com os Gestores é uma iniciativa da SEC de grande valia para o fortalecimento da interação e cooperação em prol do atendimento educacional nos 27 Territórios do Estado da Bahia. O Território da Bacia do Rio Grande, ficou muito feliz em receber o nosso Secretario de Educação e equipe da SEC, Diretores dos Núcleos,  Gestores Escolares  e equipe dos NTE-11,  NTE-02 e NTE-23. Momento muito importante para os três Territórios de identidade, parabéns a todos os envolvidos nesse Encontro”. Maria Aparecida Vasco das Chagas- Diretora do NTE-11.
A diretora Isa Márcia de Souza, do Colégio Estadual Antônio Geraldo, em Barreiras, ressaltou estar muito satisfeita com a participação no encontro. “É muito bom receber o secretário da Educação e sua equipe de técnicos na região do Rio Grande. Principalmente devido à distância que acaba sendo o empecilho para essas reuniões. Pudemos esclarecer dúvidas sobre diversos aspectos, como nas áreas pedagógicas, administrativas e de RH”, explicou.
Segundo a diretora Liliane Borba Castro, do Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Corrente, em Santa maria da Vitória (NTE 23), proporciona uma interação e troca de ideias. “O encontro é uma ação afirmativa da Secretaria, pois com esses dois dias de programação, o órgão nos passa um sentimento de aproximação e empoderamento, pois podem ouvir nossas demandas, assim como, nossa contribuição para a melhora da aprendizagem dos estudantes”, contou.

Diálogo com Gestores

foto

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia estará realizando a série ‘Diálogo com Gestores’ nesta quinta-feira (20/07) das 08:00 às 18:00 horas e na sexta-feira (21/07) das 08:00 às 12:00, no auditório do CETEP (Centro Territorial de Educação da Bacia do Rio Grande) em Barreiras, com o objetivo de estabelecer um contato direto com os gestores escolares. O evento contará com a presença do secretário Walter Pinheiro e a equipe técnica da Secretaria de Educação e com os Gestores das Unidades Escolares dos Núcleos Territoriais de Educação de Barreiras (NTE 11), de Bom Jesus da Lapa (NTE 02) e Santa Maria da Vitória (NTE 23).